23/10/2011

O pior de tudo é que mesmo assim.. eu amo-te


Quantas? Quantas vezes nos disseram isto, aquilo e não sei mais quantas coisas bonitas? Mas será que alguma dessas coisas, era totalmente verdadeira, totalmente sentida? Quantas vezes disseste que eu era a mais linda, que eu era a mulher da tua vida?  Quantas foram as vezes que disseste que estarias comigo, acontecesse o que acontecesse? Ou quando dizias que me amavas mais que tudo? Isso era realmente o que sentias, ou era apenas o que achavas sentir? Pensava que podia contar contigo para tudo, fizeste-me crer que sim, mas agora que preciso de ti, não faço ideia onde estás. Desapareceste. Desvaneceste no meio de todos os sonhos que tínhamos e planos feitos. Quantas vezes disseste que só eu importava, viesse quem viesse? Foram tantas, e agora tornei-me completamente insignificante aos teus olhos, dizias que eu era tão importante para ti, mas durante este tempo dás a entender que me tornei completamente indiferente. Tornei-me apenas mais uma. Então e todas aquelas vezes que me sussuravas um amo-te ao ouvido e me agarravas derrepente e me davas um beijo? Onde foi parar isso? Onde foram parar as tardes a rir ou as conevrsas intermináveis? Aquele jeito envergonhado como falávamos e o brilho nos teus olhos quando me vias? Desapareceu, tal como tu. Ainda te lembras, pelo menos? Ou já apagaste as nossas lembranças do teu coração, tal como fizeste comigo? Tu partiste e levaste contigo a parte de mim que era feliz. Deixaste-me assolada pela tristeza, pela solidão e pela mágoa. Assim que percebeste que tinhas a (enorme) capacidade de me fazer sorrir, pegaste em todo esse poder e foste embora. E nunca mais voltaste. Mas.. queres saber o pior? O pior de tudo, é que mesmo assim, eu amo-te.

Cristiana Correia & Beatriz Pereira

24 comentários:

isaferreira disse...

«Assim que percebeste que tinhas a (enorme) capacidade de me fazer sorrir, pegaste em todo esse poder e foste embora.» este texto pôs-me a chorar , juro que adorei*

beatrizpereira disse...

obrigado por tudo ! tudo mesmo *

beatrizpereira disse...

fico feliz por saber isso, sabes perfeitamente que também tens sido, e sabes que te vou continuar a agradecer o:

isaferreira disse...

a sério ahah :)

isaferreira disse...

ah , e a música também ajuda!

c. disse...

és uma linda ♥

isaferreira disse...

é linda :)

SofiaSilva. disse...

amo-te*

feelings (L) disse...

adorei e identifico-me tanto com o texto*

feelings (L) disse...

Bastante gente, infelizmente :/

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

beatrizpereira disse...

um obrigado não chega, sabes bem !

c. disse...

claro que mereço (a) ♥

Ana Margarida disse...

Obrigada, meu amor. Tens sido mais que um grande apoio, acredita ♥ love you!

P.S.-Oh princesa, identifico-me tanto com este texto :c

letícia ♥ disse...

adorei o texto , pôs me a chorar :s
mesmo perfeito !

Inês disse...

sabes? tudo o que disseste aqui é tão sentido, nota-se mesmo.
e o problema é que é exactamente o que eu 'lhe' quero dizer :|

Inês disse...

mas é que eu acho que o 'amo-te' nunca foi no sentido real, e aí já tenho a minha resposta, percebes? já a estou eu a dar :|

Ana Margarida disse...

Claro que sim, meu amor (L) somos fortes e vamos superar tudo isto!