24/10/2011

Procura-me antes que seja tarde demais.


Procura-me. Corre por todos os cantos do mundo. Estou a ir-me embora, não vês? Vem atrás de mim! Não me deixes ir! Estou a tentar fugir de ti e deste sentimento e tu estás a deixar. Estou a escapar-te por entre os dedos e tu nem te preocupas. Já esqueceste tudo o que vivemos, meu amor? Já? Nós fomos felizes, um dia. Lembras-te? Eu, tu, a chuva, o quentinho dos teus braços á minha volta. Lembras-te? Por favor, faz um esforço, lembra-te. Lembra-te de mim. De nós. Do nosso amor. Lembra-te! Lembra-te e procura-me. Não me deixes ir. Porque no dia em que eu sair pela porta, posso nunca mais entrar. No dia em que retirar o meu coração das tuas mãos e me puser a caminho de não-sei-onde, eu posso nunca mais voltar. Pode ser tarde demais. Por isso procura-me. Procura-me enquanto ainda estou pertinho de ti. Escondida, mas perto. Sempre perto! Porque, lá está, quem tem o meu coração és tu. E eu não poderia nunca partir sem um beijo de despedida, sem levar o meu coração comigo. Esquece. Esquece o que disse. Eu nunca poderia partir.. não. Mas não tem nada a ver com um beijo, nem com o meu coração. Porque o meu coração está onde tu estiveres e o desejo de um beijo teu permanece comigo onde quer que esteja. Eu não posso partir é sem ti. Mas se, um dia, tiver mesmo que ser, acredita que o faço. E sabes que mais? Talvez esse dia esteja para breve.

5 comentários:

beatrizpereira disse...

está lindo ! estou sempre aqui *

feelings (L) disse...

a mentir e a continuar a iludir, há pessoas assim, e depois não assumem aquilo que fazem, é muito triste, mas no final nós somos as únicas a sofrer!
Gostei muito deste texto, mesmo muito, é pena é que eles por vezes não percebam que nós estamos de partida à espera que eles venham atrás de nós, e isso não acontece :/

feelings (L) disse...

e eu estou de partida quase à 1 ano e muitos meses, e nunca consegui, e sim é verdade que aqueles que nos magoam é quem nós queremos que nos consolem :/
Não tens de agradecer minha querida :)

Ana Margarida disse...

Oh meu amor, quem me dera escrever assim, tão bem, como tu :o
Estou aqui sempre e tu sabes disso! És grande e nenhum rapaz merece as tuas lágrimas. Love you

feelings (L) disse...

tens toda a razão querida, infelizmente :/
E não tens de agradecer nada (L)