20/10/2011

Eu conheço os meus limites.. ultrapassei-os!


Fechei os olhos e respirei fundo. Engoli as lágrimas. Tentei esconder a tristeza. Fechei os olhos e respirei fundo. Engoli as lágrimas. Tentei esconder a tristeza. Fechei os olhos e resp.. passei praticamente todo o dia nisto. Não aconteceu nada, eu simplesmente estava nostálgica, tinha-me batido uma forte crise de saudades e não estava para ninguém. Aguentei-me enquanto pude de manhã, mas à tarde acabou-se-me a paciência. Desisti do sorriso falso e as lágrimas quiseram sair. Só tu tens este efeito em mim. És, honestamente, a única pessoa que transforma o meu sorriso (apesar de agora, falso) em lágrimas com um piscar de olhos. És o único que me faz desesperar em frente a todos com um estalar de dedos. Não entendo porquê, ou talvez entenda. É o amor. Ou, neste caso, a falta dele. Oh, sabes uma coisa? Hoje saí da aula de Inglês a meio.. reparaste? Não sei se reparaste, mas queria dizer-te que foi por culpa tua. A nostalgia e saudade que falei mais acima eram dos nossos momentos, de poder dizer que eras meu e que eu era só tua..era de tudo aquilo que ao longo dos últimos meses aqui falei. Não quero ser fria ou injusta ao culpar-te assim, mas a verdade é que tu és o culpado. Sem "paninhos quentes", esta é a verdade. Não me perguntes porque é que ao fim de tantos meses ainda não te esqueci, porque nem eu mesma sei. Parece que de cada vez que estou a conseguir, volto à estaca zero. E isso frustra-me. Foi por isso que hoje saí da sala daquela maneira tão.. drástica, escandalosa, o que lhe quiseres chamar. Tentei fazer com que toda a dor que sinto cá dentro saísse com as lágrimas que estavam prestes a cair no meu rosto, os gritos sufocados que dei contra o braço na casa de banho, e a dor que assolava o meu coração naquele momento. Mas tu nunca saberás o que isso é. Talvez não me vejas chorar, mas isto dói. Muito. Talvez eu não te diga mais, mas eu continuo a sentir. Talvez eu não mostre mais, mas eu ainda me importo. E vou continuar a importar. Porque por mais que tente esquecer-te eu não consigo. Há mil motivos para eu te esquecer, mas há um e apenas um para eu não o fazer e é sempre esse que fala mais alto. E de cada vez que olho para ti lembro-me disso. Foi por isso que hoje quebrei. Diz-me, porque é que com tantas razões para te esquecer, eu continuo a pensar em ti? Fizeste-me mais feliz que nunca. Sim, e depois? Fizeste-me mais infeliz que nunca! Qual é a lógica? No dia em que entender esta coisa que nos fode a cabeça, chamada amor, pago um almoço a toda a gente. Até lá continuo a sorrir para esconder a verdade, a acenar e dizer que estou bem, a sofrer por alguém que não me liga nenhuma, a viver mentindo para não preocupar os outros. Espero que ninguém perceba que estou a mentir. Porque isto ainda é o começo. Mas é horrível esta sensação de ter de me aguentar para não demonstrar todo o amor que sinto por ti. Foi tudo muito rápido, eu sei. Mas foi o suficiente, suficiente para eu saber que tomaste conta de mim, suficiente para eu saber que é a ti que eu amo, suficiente para eu saber que é de ti e só de ti que eu preciso. Devia ter aproveitado enquanto durou. Devia ter-te beijado mais, devia ter-te dado a mão, devia ter-te abraçado mais vezes, devia ter dito que te amava muito mais (se isso é possível) e que me fazias muito feliz.. Já nem sei o que digo. Tenho a página do blog aberta há horas. Vou escrevendo o que me passa no coração. Tenho a plena noção de que o texto está confuso e estúpido. Mas chegou a hora de publicar um texto que me retrate mesmo perfeitamente: confusa e estúpida.

p.s.: eu sei que isto está mesmo muito confuso, peço imensa desculpa, mas a paciência para escrever um texto de jeito hoje, não é nenhuma :x beijinhos*

9 comentários:

beatrizpereira disse...

estarei sempre aqui, e quando digo sempre é sempre mesmo, eu prometo-te, sabes que não gosto de promessas, por me mostrarem maior parte serem falsas, mas eu prometo-te que vou estar sempre ao pé de ti em tudo o que precisares !

SofiaSilva. disse...

Podias ter-me mandado ir ter contigo hoje, devias ter-me mandado! Desculpa(-me) por não fazer mais.. nem sei porque hei-de pedir desculpa. Já te disse tantas vezes que se pudesse dava-te a felicidade toda do mundo, e sei que isto não te vai fazer sentir bem. Mas pensa que me tens sempre aqui, aconteça o que acontecer, eu estou aqui. Com neve, com chuva, com sol, com o arco-íris ou no meio de uma guerra.. Eu estou contigo. E isto não faz a tua dor passar, mas tu sabes que quando sofres, eu sinto a tua dor, eu sofro contigo. És a melhor deste mundo e do próximo e desculpa(-me) se alguma vez te falhei. Lembra-te sempre de duas coisas: uma é que eu fui, sou e serei a primeira e a única a cumprir a promessa que te fiz; e a outra é que não importa o que se passa no mundo lá fora, nós temos o nosso próprio mundo e ele é mais forte que tudo o resto. Nós somos o mundo e quando te faltarem forças, não precisas de me chamar, eu estarei lá, eu e toda a amizade e confiança que criei contigo nestes anos todos. És a melhor deste mundo e do próximo, nunca te esqueças! STAY STRONG ♥

beatrizpereira disse...

amo-te & quero-te bem *

beatrizpereira disse...

obrigado, obrigado por tudo mesmo cris, estarei sempre aqui também, digo e volto a dizê-lo !

beatrizpereira disse...

e sabes que também só te quero ver bem, ouviste? BEM, BEM & FELIZ !

Inês disse...

quero que estejas sempre bem, querida!
eu até me sinto mal a falar de mim, com tudo o que tu dizes, as minhas coisas são mínimas.
mas pronto, eu acho que na minha situação, é inevitável não pensar nos outros. ainda para mais, a minha cabeça tem estado um caos esta semana, ando super contente, mas por dentro toda 'desarrumada', nem sei como isto é possível...
o que estou a sentir devia ser bom, se calhar é uma prova de que estou a conseguir esquecer o que me faz mal, mas por outro lado culpo-me por estar a esquecê-'lo', digo a mim mesma que assim não é amor... mas é ridículo, claro que tenho de 'o' esquecer!
olha: sempre que precisares, estou aqui para ti!

letícia ♥ disse...

minha querida, não podes desanimar .. sei que é complicado a situação em que estás, mas tens que sair por cima. por muito que te custe esquecê-lo tens que o fazer, a verdade é que se calhar não o queres esquecer, mas tens que ter força para dizer que vais conseguir, mais cedo ou mais tarde. nada é impossível, basta querermos !
espero que consigas encontrar a tua paz interior, vais ver que a tua alma e principalmente o teu coração vão ficar mais limpos, e melhores. e num futuro próximo, até te vais rir desta situação!
BASTA ACREDITARES EM TI PRÓPRIA, que o resto resolve-se com o tempo.
força, minha querida.

Inês disse...

oh, obrigada!
eu sei, mas eu tenho a perfeita noção de que vai voltar tudo ao mesmo, seja ou não com a mesma pessoa: eu conheço, eu iludo-me, eu desiludo-me.
e isto tudo porque espero demasiado das pessoas, e ponho-me a sonhar com coisas que eu queria que acontecessem, mas que provavelmente não vão acontecer, mas eu acredito que vão e depois iludo-me :(

nini disse...

Obrigada, e força também para ti ...