01/07/2011

Dia 3 - imagina que tens um dia de vida, despede-te da pessoa que gostas

como a maioria das pessoas, não gosto de despedidas. mas como o desafio pede, vou fazer o meu melhor.
meu amor, acredita que não queria mesmo nada ir embora. gosto do quentinho dos teus braços e da segurança que me dás quando estou contigo. os últimos tempos não têm sido fáceis, a minha vida está toda virada do avesso e a única coisa que me faz realmente sorrir és tu. és a única coisa que neste momento me consegue manter sã e quando estou contigo são os pequenos momentos em que me sinto realmente feliz. não vou escrever um grande texto, porque não precisamos disso. apesar de todas as inseguranças sabes que te amo e que não te quero perder.
odeio para sempres, porque de todas as vezes que mos disseram eu acabei de coração partido, magoada, em baixo e a chorar. penso sempre que é diferente, mas nunca é e odeio-me por pensar que és diferente, mas enquanto me fizeres feliz, eu vou usar sempre um sorriso na cara. desculpa se te magoo ao dizer isto, mas após ser magoada algumas vezes criei uma barreira á minha volta e mesmo depois de a derrubares, continuo com medo.
apesar de tudo, eu estou melhor que nunca, nós estamos melhor que nunca. sabes há quanto tempo eu não sorria assim? cada vez que penso em ti, que te vejo, que estou contigo, o que quer que seja, eu fico com um sorriso estúpido na cara. um sorriso que há muito me tinham tirado, mas que tu trouxeste de volta. gosto do que sou quando estou contigo, porque sou eu mesma. sem preconceitos, sem medo de ser julgada, sem inibições. obrigada por me fazeres sentir assim. obrigada por num momento tão mau, provares-me que o amor ainda existe.
agora, tenho de partir, mas prometo que um dia nos iremos reencontrar. eu amo-te, namorado


forever yours,
c ♥

4 comentários:

beatrizpereira disse...

adoro :)

beatrizpereira disse...

obrigado amor +.+ tu também :D

Eliana disse...

ficou lindo o texto o:

Eliana disse...

de nada, querida (: