22/03/2012

"Fumar mata-me em 30 anos, amar mata-me um pouco todos os dias"

Hoje fiz algo que não fazia há algum tempo e digo-vos, senti-me livre. Antes andava sempre preocupada por poder arranjar chatices ou por ser mais um motivo de discussão.. mas hoje, hoje não. Hoje saí da escola, sentei-me e fi-lo com a maior das naturalidades. A rir, a ser eu. Eu sei que faz mal, faz tão mal.. mas foi o primeiro sinal de liberdade que tive. Sentir-me livre ao inspirar e aliviada ao expirar. Faz mal, eu sei, mas hoje fez-me bem. Eu pensei.. que se lixe! Que se lixe ele, que se lixe a escola, que se lixem os meus pais, que se lixe o que os outros pensam, que se lixe o mundo..! E durante aquele espaço de tempo, ri-me, cantei, estive com pessoas que há algum tempo já não estava e apesar de também fazer algo que me mata lentamente, não me importei. Não tive de dar justificações a ninguém. Eu não o odeio, só odeio o que ele me fez. Não sou vingativa e nem sequer vou andar atrás dele. Porque eu não preciso dele! Eu agora sinto-me livre e apesar de em muitos momentos as lágrimas de saudade quererem cair e a mágoa me apertar o coração, eu passo por eles e depois de limpar as lágrimas ou respirar fundo, eu sorrio e sigo em frente. Matando-me aos poucos, mas.. não vamos acabar todos por morrer?!

11 comentários:

Mariana disse...

Gostei muito :) de vez em quando também não faz mal..

Ana Margarida disse...

Já sabes o que penso sobre isso, princesa. Não te julgo, compreendo-te. Se não o fizeres todos os dias, também não te irá fazer assim tão mal. Apenas, não abuses demasiado *

Ana Margarida disse...

Eu sei, meu amor, e eu estarei aqui sempre para ti. SEMPRE

mafalda sofia disse...

eu sei o que é isso princesa, infelizmente já o fiz algumas vezes e acabo sempre por me sentir livre! a verdade é que dias depois acabo por me voltar a sentir em baixo, como se tudo desabasse à minha frente. dói tanto!

inês disse...

Exactamente querida, vai fazer-te bem.
Já isto é que não te faz tão bem, mas dizem que alivia o stress...

Zoey. disse...

gostei *

inês disse...

Eu sei, e compreendo. Mas de resto, estás bem?

mafalda sofia disse...

pois, infelizmente sim. mas força minha linda, havemos de consegur! :)

- Susana . disse...

sigo. comprendo - te . mas tem cuidado

- Susana . disse...

obrigada *-*

marrýse disse...

princesa , tenho a dizer que a vida são dois dias. se num choras, no outro morres. Por isso , ri, sorri, grita, canta, vive, voa, acredita e sonha, tudo num só dia. Sem tempo para lágrimas, lamentações ou desespero.Porque no outro dia, se não morreres, estás a descansar :b <3 sê feliz princesa, tou aqui para o ver :')