24/03/2012

É possível sentirmos-nos sozinhos, estando rodeados de pessoas?

Hoje fui ás compras. Ri-me, passei um bom bocado, mas depois encontrámos um grupo de pessoal lá da escola. Pessoas com quem eu falo diariamente, amigos meus.. e eu senti-me tão deslocada. Sentada a olhar para o rio estava com os pensamentos bem longe dali. Tinha um aperto no coração, a garganta seca e só me apetecia chorar. Sentia-me culpada, triste, ignorada, enganada.. Ninguém reparou. No meio de risos, fotos e conversas eu acabei por ter de me refugiar num livro que uma das raparigas estava a ler. Peguei no livro e abri nas últimas páginas. Fingi que estava a ler, peguei no telemóvel e fingi que estava a fazer algo e depois voltei para o livro. Estava a sentir-me tão deslocada, tão longe de todos os eles. O momento mais.. não digo feliz mas sim menos triste, foi saber que duas raparigas vinham para casa mais cedo e voltei com elas. Entrei em casa, arrumei as compras, vesti o pijama, tirei a maquilhagem e fiz um coque. Ninguém me reconheceria neste momento. Sentei-me para vir ao computador e pensei "bolas, no meio daquela gente toda.. estava tão sozinha"! Sempre soube que tinha uma mente um pouco distorcida, diferente dos outros mas nunca me tinha sentido tão deslocada. Será possível?! Agora sim, já percebo porque é que estou constantemente a ser deixada para trás. Sou demasiado estranha, sou dispensável, tanto que ninguém deu pela minha tristeza, escondida com muita dificuldade por um sorriso.

p.s.: obrigada pelo esforço melhor amiga 

10 comentários:

patrícia disse...

estranho era se não compreendesses :c

nicolemorais disse...

tb gostei mt do teu :)

inês disse...

Oh, eu sinto-me tão assim muitas vezes. Rodeada de pessoas, mas sem poder fazer nada. Com medo de falar, para não me acharem ridícula, com medo de fazer alguma coisa mais estranha, que faça eles não me quererem ali. Sinto-me bastante deslocada às vezes, e sentir que as pessoas não notam que estás ali, que não te ouvem... é horrível.

inês disse...

É exactamente assim que eu me sinto, muitas vezes. Envia-me o teu mail, por favor :)

inês disse...

Já enviei o convite! Oh, pois já, desculpa :)

Catarinaf disse...

eu não me importava, em casa não tenho nada para fazer assim ao menos saia um pouco :x

Inês Geraldes disse...

Eu estou cada vez mais insegura, não sei o que se passa. Sinto-me à parte de tudo, sinto sempre que há alguém melhor que eu, e que vai sempre ser assim. Há bocado fiquei tão mal, de um momento para o outro. Tudo por coisas pequenas, como disse, por uma pequeníssima mensagem. Por pensamentos pessimistas, por pensar sempre que vou incomodar as pessoas, que elas não têm o mínimo interesse em mim. É horrível.
Muito obrigada, muito obrigada mesmo. E tu igual, sempre que precisares de alguma coisa eu vou estar aqui, porque sei como te sentes.

Catarinaf disse...

aproveita! :D

Catarinaf disse...

já eu fico por casa, infelizmente -.-

Catarinaf disse...

já eu fico por casa, infelizmente -.-