22/11/2011

Pronomes Possessivos*


Cheguei a um impasse. Cheguei àquele momento em que sou puxada em tantas direcções diferentes, que nem sei bem para que lado me hei-de virar. É difícil ver o que é certo e eu não sei bem o que fazer. A minha felicidade voltou e de repente, já nada está tão claro. Estou a ser atraída para três caminhos diferentes, sem saber qual escolher e isso está a partir o meu coração, está a fazer-me quebrar. É impossível escolher, quando não se tem certezas. E se eu não tentar? E se eu tentar? Tudo o que eu durante meses quis alcançar, está na minha frente mas eu tenho medo de tentar. Tenho medo de perder (ainda mais), outra vez. Se eu ganhasse o que é que eu perdia? Se eu fracassasse o que é que ia ganhar? Não queria olhar mais para trás, mas o Passado grita o meu nome com cada olhar, atrai-me com cada sorriso, faz-me querer voltar com palavras em tom de brincadeira. Também temos o Presente: o solitário mas feliz (á minha maneira). Gosto de estar "sozinha", sinto-me livre, posso dizer e fazer o que quero sem ter de dizer nada a ninguém. Gosto principalmente de ter o meu espacinho. Sempre me considerei fechada dentro de uma caixa, e não gosto mesmo nada que tentem entrar lá dentro. Mas, depois, há também o Futuro. Incerto, indeterminado, possivelmente feliz.. mas que me deixa dúvidas. Muitas dúvidas. Ele sorri para mim, ele faz-me sorrir, mas depois quando paro para pensar, só chego a um momento em que fico tipo "ups!". Não sei se consigo nunca mais voltar atrás. Não sei se vou ser capaz de dizer adeus ao Passado e simplesmente seguir em frente. Não sei se consigo dar o próximo passo e abrir esta porta que se colocou no meu coração. Neste momento não sei de nada, mas sempre me disseram que, quando temos dúvidas sobre que caminho tomar, mais vale ficar no que estamos agora, é mais seguro. E agora, é disso que preciso, segurança. A minha segurança. Porque eu gosto de me sentir só minha, gosto de não me partilhar. Gosto de dizer meu e minha. A minha segurança. O meu tempo. A minha liberdade. A minha vida. O meu coração. A minha decisão. É meu e não sei se agora quero partilhar, ou quero?

12 comentários:

Ana Margarida disse...

Meu amor, vais ver que brevemente terás respostas a todas essas perguntas .. Agora, o teu coração e a tua alma, estão desencontrados, mas será só por uns dias, até percorrerem o mesmo caminho, vais ver * Qualquer coisa, estarei sempre aqui! És forte ♥

letícia ♥ disse...

adoreiii **

Inês disse...

as respostas vão chegar, vais ver! também tenho perguntas sem resposta...
então conta lá que estou ansiooooooosa*

Maria Inês Rodrigues disse...

AMEIIIIIIIIII <3

Saraaaa * disse...

Adorei este post :)
obrigada eu *

Francisca. disse...

gostei tantooo.
sigo, podes dizer-me o nome da música sff?

Filipa disse...

Adorei este post, escreves mesmo muito bem, adoro cá vir (;

http://www.facebook.com/pages/Pontas-de-Ternura/179129428847063#!/pages/Pontas-de-Ternura/179129428847063?sk=wall Visita e poe "gosto" se assim entenderes, obrigada (:

MarcelaMaia disse...

Obrigada pelo teu palpite. Hoje ou amanhã postarei o vencedor(a), fica atenta.

Sofia ☮ disse...

porque não perguntas a ti própria o caminho que queres seguir, e depois pergunta a cada um desses caminhos o que podem fazer por ti, se puseste como opções esses caminhos quer dizer que acreditas neles certo? quer dizer que eles te podem fazer feliz certo? então segue o que te parece mais sincero mais verdadeiro? e então porque não os juntas todos? mas de maneiras diferentes? porque não pões todos do teu lado? se forem verdadeiros não te iram deixar seja qual for o caminho que seguires fofinha :)
e quanto ao teu passado se foi bom, e queres com presente, faz por isso, não tenhas medo, aprendesse a errar (: . e as oportunidades que tu deitares fora, alguém as vai agarrar, não permitas isso, deixa ser tu a ser feliz!

SofiaSilva. disse...

Tens muito que me contar!

e.c ♥ disse...

o lugar do passado é no passado e as pessoas têm de ter coragem suficiente para avançar e deixa-lo onde está. ate podes escolher ficar onde estas, mas assim nunca irás avançar.

- Susana . disse...

gosto e sigo :D