11/07/2011

really bad day!


estão a ver aqueles dias em que não aconteceu nada relevante e vocês simplesmente param, fecham os olhos e ficam assim durante uns segundos e de repente, todas as vossas preocupações vêm ao de cima? hoje é um desses dias. andei durante meses mal, toda a gente sabia disso e iam-me perguntando como estava, agora, passou-me esse "mal de amores" e por isso, as pessoas pensam que a minha vida já está de novo perfeita. sem saberem que nunca o foi. sabem aqueles dias em que, apesar de terem imensos de amigos no facebook, montes de amigos online no msn e centenas de contactos no telemóvel, se sentem sozinhos? hoje é um desses dias. 
sinto que ninguém se importa, e talvez seja verdade. não me dei a conhecer o suficiente a ninguém, acho eu. não tenho melhor amigo, melhor amiga, "gémea", nem nada que se pareça. tenho apenas amigos. este ajudou-me nesta altura, o outro ajudou-me naquela altura e vou coleccionando os amigos assim: de pequenas vezes que me ajudaram. não sei se há alguém que tenha estado lá sempre, que me tenha compreendido de todas as vezes ou que se tenha esforçado para me ajudar, sempre que precisei. mas a verdade é que sempre que algum deles estava em baixo eu estive lá, e magoa-me saber que, por estar 'bem de amores' pensem que tudo ficou bem. o facto de ter o coração partido só ajudou ainda mais na mágoa constante que sinto. mas eles nunca vão saber.
não pensem que estou a ser injusta, porque não estou! e, se algum dos meus "amigos" vir isto, que não se sinta zangado ou triste. porque no final de contas, vocês também já se devem ter sentido assim. se nunca se sentiram assim, ainda bem para vocês. estas coisas levam-me sempre a pensar que tenho apenas um verdadeiro amigo e apesar de, em tempos, eu ter querido mais, ele chega-me perfeitamente. porque o meu coração vai ficar sempre comigo. partido, quente, intacto, negro, frio, não importa! é o único que estará sempre comigo. no matter what.
sim, hoje foi, definitivamente, um desses dias.

p.s. (só para algumas pessoas): não precisam perguntar o que se passa, se realmente quisessem saber, já o tinham feito.

13 comentários:

Anónimo disse...

mt bom cris, dps preciso flr ctg , pj .

SofiaSilva. disse...

ainda é o que estou a pensar ?

SofiaSilva. disse...

e burra és tu :p

ana filipa disse...

sabes como é que é cris , em dias de desespero , fazem-se coisas daquelas :$

ana filipa disse...

imagino que sim :p

Inês disse...

o meu já está quase! só falta a cama e o pó. o pior já passou! :D

SofiaSilva. disse...

vou fazer o meu código para perceberes.. tem alguma coisa a haver com P/B ? tás a perceber ? :o

Leonor disse...

obrigada :)

Ana Filipa disse...

está lindo. Forçaa :)

Sigo

Ana Filipa disse...

está lindo. Forçaa :)

Sigo

allmota disse...

mas eu quero pensar nisso, não quero que ambos soframos depois, senao vai ser pior :s

Mafalda disse...

Tem muita força, o texto está fantástico!

Ana Margarida disse...

Oh querida, sei tão bem o que estás a sentir .. Muita força :)