18/03/2011

levem-no

sabem que mais ? queria poder ser uma daquelas raparigas fortes, que limpa as lágrimas e diz "que se lixe", mas não consigo. por mais tempo que passe todas as feridas, todas as mágoas, continuam abertas. sei que um dia todas elas irão tornar-se em cicatrizes que farão de mim um dessas raparigas que decide que acabou, que chegou aos limites e que não tem de recear nada. mas até esse dia chegar, o que faço ? sinto-me perdida. e quando preciso que alguém me abrace e diga que tudo vai correr bem, viram-me as costas, limitam-se a olhar para mim como quem diz " aguenta e deixa-me ser feliz ". entendo tudo. entendo a felicidade, os sorrisos, o desejo.. mas não entendo estes actos de desprezo. a única coisa com que me preocupo de manhã é em sorrir, até chegar a casa, mas agora vou ter de me preocupar em carregar todo este peso sozinha ? obrigada por tudo, a sério. obrigada a todos. obrigada a ti por me magoares desta maneira, obrigada a vocês que me abandonaram quando preciso, obrigada por cada vez mais me tirarem os motivos para sorrir. já agora, não me querem tirar o sol também ?

6 comentários:

beatriz pereira disse...

está lindo, ameeei*

c. disse...

obrigada beatriz, és oficialmente, a pessoa que 'ama' sempre os textos :$

s disse...

Sabes melhor que ninguém que nunca te abandonarei! E não preciso de dizer que tens força e que és capaz de vir a ser uma dessas "raparigas", não preciso de o dizer: tu sabes que és capaz e eu também sei.
Acredito em ti e estou sempre aqui para ti!
AMO-TE (L)

c. disse...

será que sei ? não sou assim tão forte, também tenho momentos de fraqueza.

s disse...

tenho a certeza que sabes! e também tenho a certeza que sabes que jamais te abandonaria.

c. disse...

sei, amo-te s ♥